Tempo de leitura: 3 minutos

CULTURAS DE COBERTURA: SOLUÇÕES DE CULTIVO SOB OS NOSSOS PÉS

Às vezes, as soluções para problemas recorrentes estão bem à nossa frente. Durante séculos, os agricultores usaram Culturas de Cobertura para ajudar a controlar pragas, reduzir plantas daninhas, melhorar a captação de chuvas e enriquecer os solos para e produção de legumes e grãos.

Culturas de Cobertura como gramíneas e leguminosas são plantadas sobre o que antes era um jardim estéril ou um campo entre as safras para uma colheita primária.  Para os agricultores, depois de colher uma cultura primária como o milho ou a soja, uma Cultura de Cobertura é plantada para cobrir e proteger o solo até o próximo ano.

As Culturas de Cobertura Podem Produzir Nitrogênio

Alguns agricultores utilizam Culturas de Coberturas que produzem nitrogênio, um nutriente que ajuda a tornar a colheita do ano seguinte mais abundante.  As Culturas de Cobertura podem ajudar a tornar os agricultores mais eficientes quanto ao uso de fertilizantes e produtos de proteção de cultivo durante a safra, poupando tempo e dinheiro e ajudando a proteger o ambiente.

Há muito potencial para esta solução crescente. Ao aumentar a eficiência no uso de fertilizantes e outros insumos necessários para o cultivo de nossos alimentos, as Culturas de Cobertura ajudam a prevenir a perda de nutrientes por meio da água e a reduzir emissões de gases de efeito estufa.

As Culturas de Cobertura Mantêm o Solo Saudável

Ao criar no solo estruturas que retenham melhor a água, as Culturas de Cobertura também podem reduzir os efeitos da seca. A seca de 2012 nos Estados Unidos foi uma das piores em décadas. Naquele ano, uma pesquisa realizada pelo Centro de Informações sobre Tecnologia de Conservação mostrou uma melhoria de cerca de 10% das colheitas para as quais as Culturas de Cobertura haviam sido usadas antes da seca.

[unex_ce_indent_outdent_images layer-name="Layer Name" headline_markup="As Culturas de Cobertura Mantêm o Solo Saudável" img="441" image-filename="module_callout_2-copy-3-7.png" id="content_twfvvd7k3" post_id="75"]

Ao criar no solo estruturas que retenham melhor a água, as Culturas de Cobertura também podem reduzir os efeitos da seca.  A seca de 2012 nos Estados Unidos foi uma das piores em décadas. Naquele ano, uma pesquisa realizada pelo Centro de Informações sobre Tecnologia de Conservação mostrou uma melhoria de cerca de 10% das colheitas para as quais as Culturas de Cobertura haviam sido usadas antes da seca.

[/ce_indent_outdent_images]

O Papel das Culturas de Cobertura na Agricultura Moderna

Novas ferramentas e soluções dão aos agricultores mais opções para ter uma colheita melhor e para manter terras agrícolas.  Algumas soluções, como as Culturas de Cobertura, têm sido testadas ao longo do tempo e continuam tão úteis quanto sempre foram.  Outras soluções, como as ferramentas digitais, evoluíram à medida que os agricultores enfrentavam problemas como alterações climáticas e uma população crescente.  Os agricultores têm muitas opções ao se tratar de culturas, e todos esses métodos têm sua função.

Artigos relacionados

Tempo de leitura: 3 minutos

OS BENEFÍCIOS DO SOLO FÉRTIL

Como o chão sob seus pés ajudou a humanidade a ter sucesso, crescer e prosperar. Saiba por que esse antigo recurso permanece tão relevante.

Tempo de leitura: 6 minutos

BIODIVERSIDADE NAS FAZENDAS

Produtores com visão avançada estão usando suas terras para fornecer habitat para polinizadores, plantas nativas e outros animais selvagens locais. Saiba como o uso de Culturas de Cobertura, Plantio Direto, Rotação de Culturas e outras práticas estão demonstrando como uma fazenda pode ter uma influência positiva no meio ambiente.